O povo fala

Publicada em: 21/03/2013

Companheiro Clemilton Saraiva.

MD. Presidente da ACIC

O Projeto do Centro Cultural de Ceilândia, inciado ainda na gestão do já falecido Governador Aparecido de Oliveira, contempla o espaço com a construção de um ginásio de esportes - que sirva, também, à prática de atividades culturais.

A obra iniciada e agora demolida, tinha essa função. Como é público, a obra foi embargada pela justiça por fraudes na licitação.

Mas isso não pode ser impeditivo para que outra obra, com a mesma finalidade, seja ali realizada.

O projeto do Centro Cultural foi reivindicado pelos jovens ceilandenses ainda na década de 1980, e prontamente atendido pelo primeiro governador civil pós período militar.

Desenhado pelo arquiteto Ricardo Stumpf, hoje vivendo na Bahia, o projeto foi inovador em tudo desde seu início.

Daí a defesa para que o mesmo não seja alterado e siga como planejado desde a década de 1980.

Dinheiro para sua execução hoje não falta. Vontade política - se faltar - cabe à ACIC lembrar ao GDF que Ceilândia é a cidade com maior contingente de jovens do Distrito Federal e que, também por isso, tem que ser tratada com a mesma atenção dispensada a tantas outras RAs com as mesmas características.

Manter o projeto original do nosso Centro Cultural é respeitar nossa história e valorizar a juventude ceilandense, proporcionado a ela a oportunidade e a possibilidade de acesso à arte e cultura - mecanismos de inserção econômica de eficiência já comprovada.

Pense que cabe à ACIC mostrar caminhos e reivindicar do governo a atenção que nossos jovens merecem - e precisam ter - dos governantes.

E o atual governador, nunca é demais lembrar, teve sua maior votação justamente em CEILÂNDIA.

Cordiais saudações a todos.

Ass. Leão Hamaral

leaohamaral2010@gmail.com

<< Mais Antiga       Mais Recente >> Histórico de Noticias
TV Acic
Cursos
Filiados
Rádios Acic