Ceilândia tem maior número de apreensões de produtos piratas

Publicada em: 14/09/2012

Ceilândia tem maior número de apreensões de produtos piratas

 

 

Com oito horas de duração, a ação realizada nesta quinta-feira (13) pela Secretaria da Ordem Pública e Social (Seops) e Polícia Militar fechou o cerco contra a pirataria e o comércio irregular. Em nove regiões do Distrito Federal foram recolhidos 19.175 produtos. A maioria CDs e DVDs piratas, um total de 18.667. A atividade, mobilizada por 31 servidores, começou 14h e se estendeu até 22h.

 

Ceilândia foi a cidade onde a fiscalização mais fez apreensões, foram 6.488 mídias piratas, entre os setor P Norte e P Sul, Sol Nascente e Setor O. No centro de Planaltina, o número chegou a três mil. Com 2.890 apareceu Taguatinga. As mídias foram recolhidas em frente a um shopping da área sul da cidade. Lá a equipe também confiscou 41 produtos e um carrinho de som com nove peças como bateria, módulo e toca CD/DVD.

 

Ainda quando o assunto é pirataria, São Sebastião teve o saldo de 1,7 mil CDs e DVDs, Paranoá 1.609, Itapoã 1.100, Sobradinho 600 e Jardim Botânico 400. Uma das equipes fiscalizou as quadras comerciais da Asa Sul e a Rodoviária Interestadual. Foram 1.337 mercadorias retidas entre relógios, acessórios femininos, calculadoras e fones de ouvido. Do total dos itens, 880 eram mídias piratas.

 

Durante as apreensões ninguém foi preso, já que ao perceber a presença da fiscalização os vendedores se evadiram. Os produtos serão levados para o depósito da Agência de Fiscalização (Agefis), no SIA, e poderá ser devolvidas em até 30 dias com a apresentação de nota fiscal e o pagamento de multa. Exceto as mídias piratas, que deverão ser destruídas

 

14/09/2012 16h10

REPRODUÇÃO/SEOPS

<< Mais Antiga       Mais Recente >> Histórico de Noticias
TV Acic
Cursos
Filiados
Rádios Acic