<< Mais Antiga       Mais Recente >> Histórico de Noticias

Hotel em Ceilândia onde ocorreu o acidente não tem licença para funcionar


<div class="itemIntroText"> <p>Segundo a Administração Regional de Ceilândia, o Hotel Savana -&nbsp;local onde ocorreu o acidente que resultou na morte do funcionário Paulo Henrique da Silva&nbsp;- funcionava sem alvará.&nbsp;</p> </div> <div class="itemFullText"> <p>A administração da cidade ainda investiga os motivos que levaram a não emissão da licença de funcionamento. Ag&ecirc;ncia de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis) será acionada e o hotel pode ser fechado a qualquer momento.</p> <p>Fiscais do Conselho Regional de Engenharia Arquitetura e Agronomia DF (Crea-DF) devem visitar o local do acidente nesta terça-feira (11/12), para verificar se existe algum técnico responsável pela manutenção dos elevadores.&nbsp;</p> <p>&ldquo;Independentemente de ter havido uma briga ou acidente, vamos elaborar um relatório circunstancial&rdquo; explica o diretor de fiscalização do Crea-DF João Lustosa. Se for comprovado que não há técnicos habilitados para manutenção da edificação, o hotel será notificado para que regularize a situação.</p> <p><strong>Investigações</strong></p> <p>As provas indicam que o homem teria caído no fosso do elevador. Além de Paulo, um rapaz ainda não identificado e a camareira Laiana Ferreira de Carvalho, 21 anos também teriam caído de uma altura aproximada de tr&ecirc;s andares.</p> <p>Segundo informações do delegado titular Marcelo Portela, um rapaz estava no local com uma garota de programa e se desentendeu com Laiana, camareira do estabelecimento. Durante a discussão, ele teria agredido a funcionária. Ao perceber o tumulto, Paulo Henrique tentou socorrer a colega mas não conseguiu e o trio caiu acidentalmente.</p> <p>Fonte: CREA-DF e Correio Braziliense</p> </div>

Notícia publicada em: 11/12/2012

TV Acic
Cursos
Filiados
Rádios Acic