Nota a população do DF, à imprensa e ao GDF

Publicada em: 24/09/2012

Nota a população do DF, à imprensa e ao GDF

 

 

A Associação Comercial de Ceilândia – ACIC, entende que o processo licitatório para renovação do transporte coletivo no DF, que se encontra na fase de conhecimento das propostas apresentadas pelos proponentes no certame propiciará a partir de 2013 a oportunidade da população utilizar ônibus novos e adaptados a realidade, com qualidade e com linhas integradas de forma acabar de uma vez por todas com o modelo extorsivo que permite que os cidadãos ao se deslocarem, por exemplo, de Ceilândia a Sobradinho, pelo atual sistema, tenham que pagar duas passagens.

 

O outro desafio imposto ao GDF e que deve ser atacado de imediato, e que já se identifica em curso um processo licitatório nesse rumo, é realização de uma completa revolução na situação dos abrigos de passageiros, as chamadas de paradas de ônibus, em todo o DF. A situação destes equipamentos públicos, é o retrato completo de como o transporte público foi gerido e tratado ao logo dos últimos anos. Este abrigos, quando existem, são sujos e em outros casos são meramente um placa indicativa que a própria população improvisa. Em Ceilândia, em tempos sem chuva os trabalhadores chegam as empresas sujos devidos as paradas empoeiradas e sem conservação, e agora com o aproximar-se das chuvas o problema se ampliará pois nos locais onde há paradas as mesmas carecem de ampliação ou manutenção para abrigar as pessoas e nos locais onde não há estes tipos de equipamentos os trabalhadores terão que enfrentar as chuvas e as enxurradas ao relento.

 

A Associação Comercial de Ceilândia – ACIC, reconhece que o assunto começa a ser enfrentado pelo GDF com o lançamento do processo licitatório para aquisição de dois mil novos abrigos paras as paradas de ônibus no Distrito Federal, conforme edital divulgado pelo Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans) na última semana. Agora cabe destacar que o enfrentamento do problema é urgente, basta fazer um breve passeio pelo DF para se constatar a defasagem na quantidade de abrigos e a precariedade dos existentes.

 

Atuar urgentemente na construção de novas paradas de ônibus e na melhoria das atuais, contribuirá para que a população aumente a percepção de que as mudanças em curso no sistema de transporte coletivo veio para transformar e mudar a cultura de que em Brasília a solução para o transporte de pessoas está na aquisição de um carro de passeio.

 

Planejar, integrar, qualificar e estimular a população do DF a utilizar o transporte coletivo é um desafio de mudança cultural que todos os brasilienses devem enfrentar em virtude do crescente caos no trânsito com engarrafamentos, retenções no tráfego, stress, acidentes, poluição, degradação do meio ambiente e diminuição na qualidade de vida da nossa gente. Para a ACIC este é o momento da população e da sociedade civil organizada assumir o seu papel de protagonista, demonstrando, fiscalizando e acompanhando todo o processo de mudança no sistema de transporte coletivo como forma de combater as medidas judiciais procrastinatória que os defensores do velho modelo vem se utilizam para mantê-lo a disposição dos seus interesses.

Ceilândia – DF, 24 de setembro de 2012

<< Mais Antiga       Mais Recente >> Histórico de Noticias
TV Acic
Cursos
Filiados
Rádios Acic