CLDF faz sessão solene no setor P sul em Ceilândia

Publicada em: 25/09/2012

CLDF faz sessão solene no setor P sul em Ceilândia

 

 

No próximo dia 28 de setembro de 2012, o setor P sul, bairro de Ceilândia que em conjunto como os condomínios Por do Sol, Sol Nascente e Area de Desenvolvimento Econômico – ADE – Cetro Norte, abrigam uma população de mais de 130 mil habitantes, irá comemorar os seus 33 anos de existência e luta.

 

Como parte das comemorações do aniversário do setor a Câmara Legislativa do DF – CLDF, por meio do seu Presidente, Deputado Patrício, irá promover sessão solene, proposta pelo Deputado Distrital Chico Vigilante, a realizar-se, às 15h, na igreja Cristã Evangélica Manancial, situada a 14/18, Área Especial B, via P1.

 

Nos últimos tempos a comunidade tem recebido investimentos do GDF, dentre eles a instalação de uma agência do BRB, posto de gasolina, ciclovia, recuperação do asfalto da via de acesso ao setor, construção e recuperação de parquinhos infantis, construção da praça ecumênica inicio da implantação da infraestrutura de água e esgoto nos condomínios e agora mais recente a via de ligação Ceilândia-Samambaia que permitiu a diminuição do percurso do setor a samambaia em mais de 10km.

 

Desafios

 

Levantamento feito pela Associação Comercial de Ceilândia (ACIC), junto a comunidade e empresários, identificou que no dia do seu aniversário a população do setor continua reivindicando e aponta como desafios ao GDF a construção de uma UPA e duas creches, construção de uma auditório/teatro no Centro de Ensino Médio 10 na QNP 30, extensão da ciclovia a outras áreas do setor, duplicação da via P5, cobertura das quadras esportivas nas escolas, construção do terminal de ônibus do setor, término dos estacionamentos ao longo da via P4, recuperação e implantação de paradas de ônibus, implantação de infraestrutura que melhore a via de ligação P1 do setor P sul à via P1 do setor P norte.

 

 

Fazendo historia

 

O setor P Sul sempre marcou posição com vertente marcante e aflorada para a participação comunitária e politica. Passados 27 anos da primeiro eleição a comunidade do setor P Sul, em Ceilândia, repetiu no domingo, do dia 3 de julho de 2011, processo de disputa eleitoral comunitária se valendo dos critérios da ficha limpa. Das oito às 17h, no setor P sul, a temperatura democrática pode ser sentida, a comunidade escolheu por meio do voto não obrigatório seus representantes comunitários, três chapas mobilizam os moradores.

Esse processo histórico e teve inicio em 1984, antes mesmo do Distrito Federal obter a sua emancipação politica em 1988. Um grupo de jovens moradores, em 1984, dentre eles Clemilton Saraiva, atual presidente da Associação Comercial de Ceilândia(ACIC), João Dias, Carlos Abreu(Fartú) e Francisco Araújo, arregaçaram as mangas e decidiram lutar por melhores condições para o setor, mobilizaram os moradores e organizaram uma comissão eleitoral para coordenar o processo de escolha direta e voto não obrigatório dos representantes da comunidade local.

Naquela época definiram, além de outras regras, que os pretendentes à disputa eleitoral deveriam ter ficha limpa(sem restrição nos órgão de proteção ao crédito e sem ocorrências policiais – registro de práticas de crimes), à adesão da comunidade foi tão expressiva que mais 7 mil moradores foram as urnas. O movimento tornou o P sul um exemplo de participação politica e exercício de democracia participativa que perdura até os dias de hoje.

<< Mais Antiga       Mais Recente >> Histórico de Noticias
TV Acic
Cursos
Filiados
Rádios Acic