CLDF unida atende empreendedores individuais

Publicada em: 17/10/2012

CLDF unida atende empreendedores individuais

 

Uma demanda histórica dos permissionários e lojistas da Rodoviária do Plano Piloto, Mercado das Flores, Galeria dos Estados, Parque da Cidade e de todos os Terminais Rodoviários foi atendida hoje (16/10). A Câmara Legislativa votou e aprovou em primeiro e segundo turno o Projeto de Lei nº1037/12 de autoria do Poder Executivo, que estabelece critérios para atividade econômica em espaço público. Os principais interessados, trabalhadores que tiram o sustento nesses espaços, lotaram a galeria do plenário. Eles poderão fazer um contrato com o governo com durabilidade de 10 anos.

O projeto veio para a Câmara há pouco mais de duas semanas em regime de urgência e tramitou rapidamente nas comissões, com louvor, onde foi aprovado com unanimidade. Na tarde desta terça-feira, o PL foi aprovado com o apoio incondicional de todos os parlamentares presentes à sessão ordinária.

O deputado Chico Vigilante que articulou a criação da minuta do projeto de Lei junto ao Poder Executivo foi elogiado pelos distritais pelo empenho. Os permissionários e concessionários ovacionaram em coro o nome do deputado petista diversas vezes.

Chico por sua vez, foi taxativo ao afirmar: “Este é um projeto que une efetivamente esta Casa. Não tem oposição nem governo. Tem uma base unida em prol da categoria”, enfatizou o parlamentar. Para ele, trabalhadores que nunca deixaram de acreditar na justiça social.

O parlamentar destacou também que o projeto de lei corrige uma distorção do passado e faz justiça à categoria que reúne trabalhadores da primeira hora que luta arduamente para garantir o sustento das suas famílias. E em tom de brincadeira, perguntou: “quem de vocês aqui nunca comeu um pastel na rodoviária nem tomou um caldo de cana?”, e ainda relembrou dos tempos de trabalho como vigilante, quando muitas vezes recebia juntamente com outros colegas o salário em cheque e permissionários da Rodoviária, como seu Pedro e Ronaldo, citados por ele, trocavam o cheque por dinheiro na hora. O que para Chico era um sinônimo de “compreensão social”.

Chico Vigilante ressaltou que este foi um projeto de lei desenvolvido a quatro mãos: Pelo Poder Executivo, Poder Legislativo, Permissionários da Rodoviária e os demais trabalhadores. E enfatizou que a medida visa devolver a tranquilidade aos trabalhadores e às suas famílias.

O deputado agradeceu aos colegas pelo apoio e empenho na aprovação da medida em regime de urgência e se dirigindo ao presidente da Casa, deputado Patrício, fez uma observação: “A importância desta lei é indiscutível. Tenho certeza que não haverá nenhum questionamento, mas tenho certeza que se houver, o senhor ajudará a gente a resolver”.

Todos os distritais presentes se manifestaram favoravelmente ao projeto. Entre eles, a líder do governo na Casa, deputada Arlete Sampaio: “Hoje estamos voltando uma lei justa e sem sempre as leis são justas”, destacou. A deputada parabenizou Chico Vigilante pelo trabalho desenvolvido em prol da construção e aprovação do projeto de Lei junto ao Governo do Distrito Federal, e ao Governo pela sensibilidade em desenvolver o projeto e enviá-lo à Câmara.

Wasny de Roure classificou de “um esforço enorme”, a luta dos trabalhadores empreendida no sentido de alcançar a vitória de hoje, a aprovação do projeto de lei nº1030/12.

Fonte: Blog do cafezinho – 17/10/12

<< Mais Antiga       Mais Recente >> Histórico de Noticias
TV Acic
Cursos
Filiados
Rádios Acic