CLDF aprova orçamento de 31 bilhões para o DF em 2013

Publicada em: 14/12/2012

A Câmara Legislativa do Distrito Federal aprovou na madrugada desta sexta (14), na última sessão do ano, o orçamento de R$ 31,9 bilhões, a serem gastos em 2013 pelo GDF. Este número inclui os recursos do Fundo Constitucional, utilizado para custear segurança pública, saúde e educação, e que no próximo ano será no valor de R$ 10,7 bilhões.

Sem contar este fundo, o orçamento do DF será de R$ 21,2 bilhões, valor é 15% maior do que o previsto para 2012. Com parte desse dinheiro, os distritais deram aumento salarial para os servidores da própria Câmara e do Tribunal de Contas do DF. Essas são as únicas categorias com aumento previsto para o ano que vem.

Os deputados derrubaram o veto do governador Agnelo e aprovaram reajuste salarial de 8% para servidores da CLDF, a ser pago a partir de maio do ano que vem. O aumento para os servidores do Tribunal de Contas do DF será de 11,98%.

De acordo com cálculos da Câmara Legislativa, alguns servidores do tribunal vão ganhar mais de R$ 85 mil em pagamento retroativo a setembro de 2011.

Na sessão, que se estendeu pela madrugada, também foi aprovado o projeto que autoriza o governo do Distrito Federal a fazer empréstimos para o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), além de obras de infraestrutura no programa Minha Casa, Minha Vida.

Mesa Diretora
Os parlamentares elegeram ainda a nova Mesa Diretora, que vai comandar a Casa nos próximos dois anos. Por unanimidade, com 24 votos, o petista Wasny de Roure, candidato apoiado por Agnelo Queiroz, é o novo presidente da Câmara Legislativa. O vice é Agaciel Maia, do PTC.

Já a eleição do corregedor, que vai analisar o pedido de investigação contra Raad Massouh, suspeito de participar de suposto desvio de verbas de emendas parlamentares para festas, ficou para o ano que vem.

Fonte: G1DF - 14/12/12

<< Mais Antiga       Mais Recente >> Histórico de Noticias
TV Acic
Cursos
Filiados
Rádios Acic