Jovens de expressão de ceilândia para o DF

Publicada em: 15/07/2013
Brasília, 12 de julho de 2013 - Desde o início de 2013, sete jovens das cidades de Ceilândia e Sobradinho II estão trabalhando em projetos do Programa Jovem de Expressão. Com idades entre 18 e 29 anos, os chamados agentes de expressão foram selecionados para atuarem em atividades de mobilização nos territórios em que vivem, incluindo música, dança, teatro, skate e até aconselhamento para jovens mães. Davidson Pereira coordena o projeto "Amplificador", que pretende mapear grupos musicais dos mais diversos estilos em Ceilândia. A ideia é ajudar os músicos a divulgarem melhor seu trabalho na internet. Davidson participou de uma oficina do Jovem de Expressão pela primeira vez em 2011. "Participar do Jovem de Expressão foi um divisor de águas. Foi através dele que comecei a me interessar pela questão social e por atuar no terceiro setor. Muitas portas foram abertas por ter passado pelo programa: estágios, viagens e oportunidades de crescimento pessoal e profissional", disse ele. Do outro lado do Distrito Federal, na Fercal (região próxima a Sobradinho II), Doriel Francisco da Silva oferece oficinas de teatro e cinema aos domingos para jovens moradores da região. Recentemente, um curta metragem que fala sobre maternindade na adolescência começou a ser produzido por ele e pelos alunos. O tema foi uma sugestão dos participantes da oficina. "É algo que tem totalmente a ver com a vida deles", explica Doriel, pois alguns dos alunos já são pais e mães. Os projetos de cada agente foram definidos ainda durante o processo seletivo. Cada candidato a agente de expressão apresentou uma proposta de trabalho que atingisse o público do programa (jovens de 18 a 29 anos) nas regiões de Ceilândia e Sobradinho II. Ao final do processo seletivo, os sete agentes selecionados começaram a participar do percurso social formativo, um programa de capacitação de 3 meses em que aprendem a colocar em prática suas ideias. Entre os conteúdos abordados estão formas de elaboração de projetos, criação de parcerias, estratégias de divulgação, orçamentos e licitações. O objetivo do Programa Jovem de Expressão é reduzir a vulnerabilidade dos jovens à violência, à Aids e às doenças sexualmente transmissíveis (DST), além de apoiar o empreendedorismo. Segundo Yuri Moraes, assistente de mobilização do projeto pelo Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC), as atividades desenvolvidas pelos jovens fazem diferença nas regiões. "É possível notar uma mudança significativa na maneira como os agentes são vistos pela sociedade local e como eles próprios se percebem. Ao atuarem representantes do programa, eles reforçam o papel de empreendedores entre os jovens das comunidades em que atuam", afirma Yuri. O Programa Jovem de Expressão existe desde 2007 e é realizado pelo Grupo Caixa Seguros em parceria com o UNODC, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO no Brasil), e a Central Única das Favelas (Cufa/DF).
<< Mais Antiga       Mais Recente >> Histórico de Noticias
TV Acic
Cursos
Filiados
Rádios Acic