<< Mais Antiga       Mais Recente >> Histórico de Noticias

Cursos da UnB Ceilândia recebem nota máxima do mec


Duas novas aprovações com excelência na Faculdade UnB Ceilândia (FCE). Os cursos de bacharelado em Farmácia e Enfermagem receberam nota máxima, numa escala que vai de 1 a 5, de consultores do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão vinculado ao Ministério da Educação. O exame é realizado com o intuito de reconhecer e credenciar os cursos de graduação do país. O relatório do Inep destacou a qualidade do corpo docente, a infraestrutura das salas de aulas e laboratórios e o projeto pedagógico dos cursos. “A nota é o reconhecimento de cinco anos e meio de muito trabalho dos três segmentos que compõem o campus”, falou a diretora da FCE, Diana Pinho, em referência aos técnico-administrativos, professores e estudantes que atuam na faculdade. O campus oferece seis cursos, todos na área da saúde: Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Terapia Ocupacional, Saúde Coletiva e Fonoaudiologia. Todos que passaram pela avaliação do Inep receberam a nota máxima. A expectativa é de que se repita a avaliação em relação às demais graduações. “Existe uma tensão nos cursos que ainda não foram avaliados. Os estudantes estão ansiosos, pois querem manter a nota cinco”, conta a diretora. Os cursos de Terapia Ocupacional e Saúde Coletiva deverão receber os técnicos do Inep ainda neste semestre. Já o bacharelado em Fonoaudiologia deve esperar um pouco mais. A graduação foi implantada na faculdade há pouco mais de dois meses e será avaliada após a formatura da primeira turma, que está prevista para o segundo semestre de 2016. FARMÁCIA – Para comemorar a menção recebida pelo Inep, estudantes e professores do curso de Farmácia realizaram uma confraternização no final da tarde de quinta-feira (8). Na ocasião foi inaugurada a sede do centro acadêmico do curso. “Já estávamos esperando ser bem avaliados. O curso é novo e temos uma boa estrutura”, afirma Larissa Fernandes Matos, coordenadora do curso na FCE. De acordo com a professora, 94% do corpo docente da Farmácia é formado por doutores e um grande quantitativo também possui pós-doutorado. Outro ponto positivo é o envolvimento dos estudantes com o curso. “Esse quesito também foi avaliado e nos beneficiou. Os estudantes estão satisfeitos e na mesma sintonia que a coordenação”, pontua. O único quesito mal avaliado foi a carga horária destinada ao estágio. “Não estávamos cumprindo o tempo previsto na diretriz, mas já estamos tramitando a alteração na universidade. Essa questão será solucionada”, garante. A cada semestre a graduação em Farmácia da FCE recebe 50 novos alunos, e possui uma média de 400 matriculados. O curso já formou duas turmas e um total de 31 profissionais. A UnB oferece o curso de Farmácia no campus Darcy Ribeiro, nos períodos diurno e noturno, e em Ceilândia, onde a graduação foi implantada mais recentemente, em agosto de 2008. Apenas o curso da FCE foi avaliado com a nota máxima. O curso diurno do Darcy Ribeiro obteve nota quatro e o noturno ainda não passou pelo exame do Inep. ENFERMAGEM – Para o curso de Enfermagem receber a nota cinco foi uma conquista alcançada gradualmente. O bacharelado teve início em agosto de 2008, com um corpo docente formado por apenas dois profissionais. Ao longo dos últimos cinco anos e meio, o curso cresceu orientado pela política institucional da UnB e pelas diretrizes curriculares do MEC. “Automaticamente, na hora em que são atendidos esses pontos são atendidos os critérios do Inep”, defende Mani Indiana Funiz, coordenadora adjunta do curso da FCE. Entre os pontos mais bem avaliados pelos consultores do MEC, a professora destaca a interdisciplinariedade entre os cursos do campus, “regra fundamental preconizada internacionalmente dentro da Educação em Saúde”. Outra questão bem pontuada pelo Inep foi a inserção precoce dos estudantes no Sistema Único de Saúde (SUS). “A partir do terceiro semestre, os alunos são inseridos na rede, em contato com a realidade”, explica. “Estamos muito felizes com o reconhecimento do MEC. A nota máxima significa que nosso curso contempla com excelência todos os quesitos. Temos laboratórios completos e com alta tecnologia”, diz Laire Camargo, estudante do 6º semestre de Enfermagem. A estudante acredita que sairá da FCE com a melhor formação oferecida, e pretende atuar com pediatria pelo SUS. Fonte: UnB Agência

Notíciaa publicada em: 12/05/2014

TV Acic
Cursos
Filiados
Rádios Acic